Brasil

YouTube suspende o pagamento a canais bolsonaristas

O ataque do Judiciário é politicamente direcionado.

Publicada em 27/08/21 às 06:26h - 235 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia YouTube suspende o pagamento a canais bolsonaristas  Compartilhar a notícia YouTube suspende o pagamento a canais bolsonaristas  Compartilhar a notícia YouTube suspende o pagamento a canais bolsonaristas

Link da Notícia:

YouTube suspende o pagamento a canais bolsonaristas
Bárbara Destefani, celebridade das mídias sociais  (Foto: Reprodução)

A democracia brasileira tem dois pesos e duas medidas.

Pode postar vídeo nas redes sociais ameaçando bolsonaristas com uma pistola na mão? Pode. Pode incendiar monumentos do patrimônio histórico-cultural? Pode. Pode atirar pedras em policiais que defendem a manutenção da ordem e maltratam os estupradores, latrocidas, traficantes e outros criminosos "vítimas da sociedade" que abusam de famílias e assassinam com requintes de terror cidadãos brasileiros simplesmente porque esse é seu "nobre meio de sustento"? Pode. Pode ameaçar de morte o presidente da República ou fazer orações para que ele morra nas redes sociais? Pode. Pode criticar o Congresso corrupto e o STF inconstitucional e dizer que é a favor da implantação do voto auditável? Não, jamais, nunca, de maneira alguma. Por que cometer tal desvario se vivemos em tempo de obscurantismo nacional em um País onde um ladrão é solto e pode concorrer ao cargo mais alto da eletividade brasileira e um trabalhador é preso por cantar o Hino Nacional? Policiais, livres pensadores, caminhoneiros, evangélicos, cantores sertanejos, cadeia para todos vocês!

Quão hipócrita é a falsa democracia dos verdadeiros falsários ideológicos do caos pré-fabricado!

Como se não bastasse todo o tipo de atropelo legal que estamos absortamente presenciando, agora nos deparamos com a decisão do corregedor-geral - quem vai corrigir esse magistrado? - da Justiça Eleitoral (TSE) ministro Luís Felipe Salomão que, atendendo um pedido insano da delegada da Polícia Federal (PF) Denise Dias Rosa, determinou, na penúltima segunda-feira (16), que o YouTube, o Facebook, o Instagram, o Twitter e o Twitch suspendessem as verbas dos influenciadores digitais que apoiam Bolsonaro pelo simples fato deles defenderem o voto eletrônico, impresso e auditável. Surrealista!

Ontem (26), o YouTube colocou a medida em prática suspendendo o pagamento aos influencers bolsonaristas. Bárbara Destefani, do Te Atualizei, canal que tem mais que o dobro de visualizações do que O Antagonista, deu uma entrevista esta semana ao Pingos Nos Is dizendo que tal medida arbitrária tem o intuito de sufocar financeiramente quem defende o que é correto para o Brasil. Os pagamentos foram depositados em uma conta sub judice atrelada ao Superior Tribunal Eleitoral.

Ser seguidista sem senso crítico, ser papagaio de pirata, isso pode. Ter opinião e ser original não. Afinal de contas, os bolsonaristas é que são gado e Bolsonaro é que é fascista. Acorda, Alice!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 649450
Usuários Online: 44
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!