noticias99 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Brasil

Repeteco: Cantora detona Hino Nacional em evento do governo Lula

Depois de Ludmila, a cantora Talíz.

Publicada em 22/11/23 às 06:25h - 956 visualizações

Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a noticia Repeteco: Cantora detona Hino Nacional em evento do governo Lula  Compartilhar a noticia Repeteco: Cantora detona Hino Nacional em evento do governo Lula  Compartilhar a noticia Repeteco: Cantora detona Hino Nacional em evento do governo Lula

Link da Notícia:

Repeteco: Cantora detona Hino Nacional em evento do governo Lula
Ludmila e Talíz  (Foto: Fotomontagem/Fábio Souza Tavares)

20 de novembro. Dia da Consciência Negra. Um dia para reverenciar a brasilidade em busca de um país justo e igualitário. Mas a brasilidade foi manchada no evento do governo federal que aconteceu na segunda-feira no Palácio do Planalto.

O evento marcou o lançamento do segundo Pacote Pela Igualdade Racial. Mas o vexame da cantora Talíz que cantou o Hino Nacional não passou despercebido. Assim como Ludmila fez no GP de Interlagos, a cantora de Brasília fez no lançamento oficial. Como Ludmila, Talíz errou a letra e ficou muda por alguns segundos. O presidente Lula estava presente.

A letra do Hino Nacional é extensa e não é fácil. Embora crianças de escolas primárias consigam cantá-lo, mesmo sem entender o significado de muitas palavras, a absoluta maioria dos adultos não o tem na ponta da língua. Mas isso não é desculpa para que esse símbolo nacional seja ultrajado como aconteceu nas duas ocasiões supracitadas.

Quando uma pessoa é contratada para uma tarefa, o mínimo que se possa esperar é que seja uma profissional que cumprirá essa tarefa a contento. Talíz, ao não fazer isso, desrespeitou não só a brasilidade, mas também à própria negritude que estava representando.

Não é por serem negras que Ludmila e Talíz descosturaram o Hino Nacional. Mas por não terem a consciência plena do seu significado e da sua complexidade.

Quando Fafá de Belém cantou o Hino Nacional nas Diretas Já!, as críticas sobre ela recaíram por ser uma cantora popular cantando um hino oficial da Nação. Agora as críticas não são porque as cantoras cantaram o Hino, mas sim porque não conseguiram cantá-lo.

O Brasil está mudando a cada dia. E quem dá o tom da mudança é a mediocridade que também está incrustrada nas relações institucionais.

Vai ter BATCU hoje em Brasília? Se tiver, qual será o ministério?




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1458750
Usuários Online: 36
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!