Sovaco de Cobra
Política

Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE: O fim do golpe

Márcio Joias detona antecipação da eleição da mesa diretora.

Publicada em 25/01/22 às 07:29h - 965 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE: O fim do golpe  Compartilhar a notícia Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE: O fim do golpe  Compartilhar a notícia Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE: O fim do golpe

Link da Notícia:

Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE: O fim do golpe
Vereador Márcio Joias (PTB), vereadora Yanny Brena (PL) e seu irmão Yuri Paredão.  (Foto: Fotomontagem de fotos reproduzidas das redes sociais/Fábio Souza Tavares)

Depois de idas e vindas, muito puxa e encolhe, finalmente a novela da antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE tem seu desfecho. Márcio Joias decidiu acabar com o moído.

Precisando de 14 assinaturas para dar continuidade à tramitação já bastante abalada, a proposta da vereadora Yanny Brena (PL), uma manobra para levá-la à presidência da Casa em 2023 e fortalecê-la ainda em 2022, conforme plano de seu irmão Yuri Paredão e do deputado federal Júnior Mano (PL) que se chama Mano Júnior e que quer vir de Nova Russas/CE para dominar o cenário político juazeirense, naufraga com a retirada da assinatura do vereador Márcio Joias (PTB).

A proposta já estava suspensa judicialmente, a partir de uma ação impetrada pelo vereador David Araújo (PTB) que demonstrou ilegalidades em sua tramitação. Com a retirada da assinatura de Márcio o moído se desfaz, ou seja, o projeto do golpe vai para a cucuia, vira defunto.

Ontem (24) à noite, reconfirmei com o assessor jurídico do Legislativo juazeirense Erivaldo Oliveira a veracidade sobre a informação da retirada da assinatura de Márcio Joias de tal projeto.

Agora Júnior Mano ou Mano Júnior e Yuri Paredão terão que fazer outra tentativa para abocanhar o parlamento local e usá-lo vergonhosamente como moeda de troca eleitoral nas eleições de 2022, postura fisiológica que conta inclusive com o apoio da vereadora Jacqueline Gouveia que, talvez por ingenuidade, defende que tal antecipação - já realizada outras vezes - é algo tão somente ligado à realidade interna e circunscrita da Casa legislativa, o que não é verdade. O que está em jogo é a independência política do parlamento juazeirense.

Quando Claudionor Mota (PMN) retirou a assinatura do projeto - voltando atrás logo depois - deu um arranca-rabo da moléstia do cachorro doido, inclusive com ameaças e atitude violenta do empresário Yuri Paredão que, dizem à boca miúda, comprou os vereadores subscritores do projeto com propostas de cargos na futura chapa - hoje morta - ou com dinheiro. E agora, o empresário Yuri Paredão peitará o empresário e vereador Márcio Joias? Haverá arranca-rabo ou o Tranca Rua deixará de fazer uma lavagem de roupa suja em nome da impostura político-empresarial?




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

3 comentários


Carlos Feitosa

25/01/2022 - 20:35:49

Márcio joias e Yuri do paredão já brigaram de novo??Estavam juntos a dias atrás fazendo parceria de compra de votos....


Emanuel Duarte

25/01/2022 - 20:31:57

Eita, então quem retirar o nome vai ter que devolver o mensalinho pago todo mês para Yanny,Yuri do paredão e Júnior mano, mais vereadores estão com os dias contados .


Jorge Luiz

25/01/2022 - 09:27:53

Celeuma de novela mexicana “pior q os políticos são os eleitores, pior q os empresários são à maioria dos edis” (se vocês estão afim de prender o ladrao podem voltar pelo mesmo caminho OS 14 ESTÃO ESCONDIDOS ATRÁS DA GRAVATA E DO COLARINHO-Bezerra da Silva)


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 475887
Usuários Online: 87
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!