noticias25 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Política

A partir de 2024, eleitores terão transporte gratuito nas eleições

Decisão do STF visa a inclusão de eleitores de baixa renda.

Publicada em 19/10/23 às 07:12h - 360 visualizações

Pleno.News


Compartilhe
Compartilhar a noticia A partir de 2024, eleitores terão transporte gratuito nas eleições  Compartilhar a noticia A partir de 2024, eleitores terão transporte gratuito nas eleições  Compartilhar a noticia A partir de 2024, eleitores terão transporte gratuito nas eleições

Link da Notícia:

A partir de 2024, eleitores terão transporte gratuito nas eleições
 (Foto: chargesbruno.blogspot..com)
Por unanimidade, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira (18), que prefeitos e governadores devem oferecer transporte público gratuito em dia de eleição. A mudança começa a valer nas eleições de 2024.

Os ministros determinaram que o Congresso edite uma lei para regulamentar a gratuidade. Enquanto a legislação não for aprovada, valem as regras estabelecidas pelo STF.

O tribunal definiu que o transporte urbano, municipal e intermunicipal, deve ser oferecido nos dias de votação em frequência compatível com dias úteis.

A decisão foi tomada em uma ação movida pela Rede Sustentabilidade. O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do STF, é o relator e defendeu que o passe livre ajuda a promover a participação.

– A democracia é um projeto de autogoverno coletivo que deve integrar todas as pessoas e é muito importante integrá-las, porque quem se sente excluído também não se sente comprometido em preservar a democracia e vira presa fácil dos projetos autoritários e demagógicos – argumentou.

Barroso defendeu ainda que a gratuidade do transporte é importante para incluir eleitores de baixa renda.

– A ausência de gratuidade produz uma grande exclusão eleitoral no Brasil – afirmou.

– Sem esta possibilidade muitas pessoas deixam de votar pelo custo de comparecer às seções eleitorais.

A Justiça Eleitoral vai fiscalizar os planos de transporte apresentados pelos prefeitos e governadores para evitar que redutos eleitorais sejam privilegiados.

O passe livre começou a ser implementado no segundo turno das eleições de 2022, por uma decisão provisória de Barroso. Foi a primeira eleição em que a abstenção no segundo turno foi menor do que no primeiro.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1466921
Usuários Online: 12
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!