Municípios

Câmara Municipal de Juazeiro do Norte/CE pede convocação dos concursados, explicações sobre contrato para o transporte escolar e cobra a resolução da falta de testes contra a leischmaniose

Acompanhe. Fiscalize. Opine. Proponha.

Publicada em 09/10/21 às 10:45h - 54visualizações

por Sovaco de Cobra


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Sovaco de Cobra)
Câmara de Juazeiro volta a cobrar que Prefeitura convoque os concursados 

Os Vereadores de Juazeiro do Norte debateram, mais uma vez, a questão  dos professores aprovados no concurso público do município. O advogado Laudenir Landim e o professor Tony Ismael levaram o assunto à Tribuna da Casa, exigindo o chamamento dos professores que ainda aguardam, sem resposta.

De acordo com eles, o município alega que não pode contratar os professores concursados por falta de recursos, mas está aumentando a carga horária dos professores efetivos, pagando hora extra. De acordo com Valdemir, hoje são cerca de  1.300 professores que foram convocados, mas nomeados foram somente 700.

O vice-presidente, Capitão Vieira, solicitou toda documentação para encaminhar ao Ministério Público. Vieira pediu, ainda, a convocação da secretária de Educação, Pergentina Jardim, para esclarecer não só esta questão, mas várias denúncias que tem recebido na pasta da Educação.

Para Capitão Vieira Neto, a gestão não quer convocar os concursados.  “Não existe interesse em chamar os concursados e nem fazer um chamamento temporário”, ressaltou.

***

Capitão Vieira pede explicações sobre contratação de empresa para transporte escolar

O vice-presidente da Câmara, Capitão Vieira, pediu explicações à Secretaria de Educação sobre a contratação de uma empresa para prestar serviços de transporte escolar no município de Juazeiro.

Segundo ele, há um desencontro de informações sobre o assunto. “Primeiro o prefeito anunciou que tinha economizado e estava comprando 30 ônibus, para fazer o transporte escolar, 12 dias depois é assinado um contrato com a empresa Abreu Locações para o mesmo fim, no montante de quase R$ 5 milhões, e ficamos sem entender.” 

Vieira também cita algumas coincidências que ocorreram no certame que escolheu a empresa que, segundo ele, deixam dúvidas quanto a lisura do processo, além do que, por uma pesquisa que realizou pelo CNPJ, o vereador diz que a contratada não tem estrutura para realizar tal atividade em um município como Juazeiro.

A Câmara convocou tanto o representante da empresa, quanto a secretária de Educação do município, Pergentina Jardim, para que todos os esclarecimentos sejam prestados na Casa. A secretária deve participar da sessão desta terça-feira, 5, e o representante da empresa Abreu Locações, da sessão do próximo dia 14.

Capitão Vieira também pediu o encaminhamento das denúncias para o Ministério Público e para o Tribunal de Contas. “É necessário essa investigação, pois a empresa não tem nem três anos de fundação”, finaliza o vereador.

***

Jacqueline Gouveia reclama falta de testes para leishmaniose

A vereadora Jacqueline Gouveia cobrou do município, na última sessão, providências para a falta de testes de leishmaniose. Ela diz que recebeu relatos de pessoas que procuraram o Centro de Zoonoses de Juazeiro e foram informados que não havia testes disponíveis. “As pessoas foram com seus animais e voltaram, sem vacinar”, reclama Jacqueline, acrescentando ser de extrema importância, por ser uma doença silenciosa e que pode levar à morte, tanto os animais, quanto as pessoas. 
A vereadora pede que a Secretaria de Saúde possa providenciar os testes o mais rápido possível para controlar, já que a doença tem tratamento mas, é caro e nem sempre eficaz. 



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 110221
Usuários Online: 63
Copyright (c) 2021 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!