noticias779 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Mundo

Família cristã é expulsa de casa durante Ramadã em Bangladesh

Jahid é pai de família e disse que ora por aqueles que os expulsaram de casa durante o feriado muçulmano

Publicada em 12/05/23 às 08:20h - 713 visualizações

Vítor Marcolin, Revista Oeste


Compartilhe
Compartilhar a noticia Família cristã é expulsa de casa durante Ramadã em Bangladesh  Compartilhar a noticia Família cristã é expulsa de casa durante Ramadã em Bangladesh  Compartilhar a noticia Família cristã é expulsa de casa durante Ramadã em Bangladesh

Link da Notícia:

Família cristã é expulsa de casa durante Ramadã em Bangladesh
 (Foto: Shutterstock)

Em Bangladesh, pequeno país do sul da Ásia localizado entre a Índia e a China, cerca de 99% da população é muçulmana. No país asiático, portanto, os praticantes do Islã que se convertem à Fé Cristã enfrentam grandes dificuldades. A perseguição, produto da intolerância religiosa, é frequente. Durante os feriados muçulmanos, como o Ramadã, os cristãos são vigiados de perto e ficam mais vulneráveis a ataques.

Durante o Eid al-Fitr, tradicional banquete que encerra as celebrações do Ramadã, Jahid, um cristão de origem muçulmana, foi expulso de sua própria casa. Segundo a ONG Portas Abertas, ele tem 36 anos e vivia com a família em uma região remota, ao norte de Bangladesh. Convertidos à Fé Cristã há 13 anos, a família tem medo de assumir publicamente que abandonou o Islamismo. Jahid e sua família sofreram sérias consequências.

Jahid disse: “Meus parentes perceberam que eu não tenho ido à mesquita e que não jejuei durante o Ramadã. Eles tentaram me forçar a voltar ao islã, mas não cedi, por isso, eles nos expulsaram de casa. Não temos para onde ir”.

Pagando o mal com o bem

Jahid relatou à ONG que, apesar de sofrer perseguição por parte dos seus próprios parentes, reza todos os dias para o bem daqueles que expulsaram sua família de casa. Ele disse ainda que conta com as orações de cristãos em todo o mundo. Jahid afirma acreditar que, assim como ele, um dia os seus vizinhos se converterão a Jesus. “Meu coração dói por causa da perseguição, mas eu não os odeio. Eu os amo e oro para que eles conheçam a Deus”, disse Jahid. Ainda segundo a Portas Abertas, há parceiros locais que estão ajudando Jahid e sua família.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1691359
Usuários Online: 85
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!