noticias671 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Esporte

Fortaleza sai atrás, mas mostra força e vira contra o América-MG para chegar ao G-6 da Série A

Resultado de 3 a 2 garante o Leão entre os seis primeiros colocados ao fim da 26ª rodada.

Publicada em 09/10/23 às 05:31h - 777 visualizações

João Vitor Paiva, joao.paiva@svm.com.br, DN


Compartilhe
Compartilhar a noticia Fortaleza sai atrás, mas mostra força e vira contra o América-MG para chegar ao G-6 da Série A  Compartilhar a noticia Fortaleza sai atrás, mas mostra força e vira contra o América-MG para chegar ao G-6 da Série A  Compartilhar a noticia Fortaleza sai atrás, mas mostra força e vira contra o América-MG para chegar ao G-6 da Série A

Link da Notícia:

Fortaleza sai atrás, mas mostra força e vira contra o América-MG para chegar ao G-6 da Série A
Bruno Pacheco marcou o gol que concretizou a vitória de virada  (Foto: Thiago Gadelha/SVM)
Na noite deste domingo (8), o Fortaleza venceu o América-MG por 3 a 2 na Arena Castelão. O Leão saiu atrás no placar com dois gols do uruguaio Mastriani, mas mostrou força e contou com gols de Lucero, Machuca e Bruno Pacheco para virar o jogo e chegar ao G-6 da Série A.

Com o resultado, o Tricolor do Pici agora soma 42 pontos e ocupa a sexta colocação na tabela de classificação. Já o América-MG segue em situação complicada e caiu para a última posição do campeonato, com apenas 18 pontos ganhos.

PRÓXIMO JOGO

Agora, o Fortaleza tem uma pausa de 10 dias em virtude da Data-Fifa. O Leão só volta a entrar em campo no dia 18, às 21h30, contra a equipe do Vasco, no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

A PARTIDA


O primeiro tempo foi de muitas emoções para o Fortaleza, que tentou começar pressionando, mas logo viu o América-MG explorar os contra-ataques e crescer no jogo. Os 30 minutos iniciais foram todos dos visitantes, que converteram duas das quatro boas oportunidades de gol que tiveram.


O grande nome foi Mastriani. Aos nove minutos, Nicolas fez o cruzamento e o camisa 17 desviou de cabeça, levando muito perigo ao gol defendido por João Ricardo. No lance seguinte, aos 10, Everaldo recebeu grande lançamento em profundidade, mas tocou para fora na saída de João Ricardo e desperdiçou grande chance.


Três minutos depois, Cazares finalizou em direção ao gol e a bola explodiu no braço de Brítez dentro da área. O lance foi checado pelo VAR e a penalidade foi marcada para o time visitante. Na cobrança, Mastriani, com muita categoria, deslocou João Ricardo e abriu o placar no Castelão.


Pouco depois, quando o Fortaleza ainda assimilava o baque do primeiro gol, Mastriani apareceu novamente. Em um rápido contra-ataque, Everaldo recebeu na ponta esquerda e serviu o uruguaio que, sozinho na grande área, ajeitou e bateu colocado para ampliar.


Após os dois gols sofridos, o Leão se lançou ao ataque para tentar furar a boa defesa americana, que se portava muito bem até o momento. No entanto, um único vacilo foi fatal para colocar o Fortaleza novamente no jogo antes do fim da primeira etapa.


Aos 31, Zé Welison fez cruzamento perfeito e colocou certinho na cabeça de Lucero que subiu sozinho na marca do pênalti, sem marcação, para tocar no cantinho de Aguerre e diminuir a desvantagem.

MUDANÇAS DE VOJVODA SURTEM EFEITO


Em desvantagem no placar, Vojvoda voltou com duas alterações para o segundo tempo. O treinador argentino colocou Machuca e Thiago Galhardo em campo nos lugares de Guilherme e Zé Welison, respectivamente.


As trocas rapidamente surtiram efeito, é tanto que, com cinco minutos, o Fortaleza já chegava ao empate, quando, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Titi cabecear no travessão. No rebote, Thiago Galhardo marcou, mas o gol foi rapidamente anulado por impedimento do zagueiro tricolor no início do lance.


Pouco tempo depois, aos 11, veio o empate de fato. E com participação de Galhardo e Machuca. Tinga tentou o lançamento para Lucero, mas Maidana apareceu para cortar. Na sobra, Thiago Galhardo ficou com a bola e cruzou rasteiro para Machuca, livre de marcação na pequena área, tocar pro gol e igualar o marcador na Arena Castelão.


O gol inflamou a torcida no estádio que começou a empurrar ainda mais o time dentro de campo. Os atletas do Leão lutaram e brigaram por cada bola e foram premiados pela insistência.


Aos 23 minutos, em grande triangulação entre Bruno Pacheco, Caio Alexandre e Thiago Galhardo, o lateral-esquerdo recebeu grande passe do camisa 91 e tocou forte, de primeira, para virar a partida. A bola passou entre o goleiro Aguerre e a trave antes de balançar as redes.


O tento de Pacheco foi o suficiente para retomar a tranquilidade do time da casa, que soube levar o jogo até o apito final sem sofrer sustos consideráveis.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1466968
Usuários Online: 59
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!