noticias737 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Esporte

Com gol de Pikachu, Fortaleza vence Athletico-PR e encosta no G-6 do Brasileirão

Equipes se enfrentaram na Arena Castelão.

Publicada em 10/07/23 às 10:42h - 896 visualizações

Marta Negreiros


Compartilhe
Compartilhar a noticia Com gol de Pikachu, Fortaleza vence Athletico-PR e encosta no G-6 do Brasileirão  Compartilhar a noticia Com gol de Pikachu, Fortaleza vence Athletico-PR e encosta no G-6 do Brasileirão  Compartilhar a noticia Com gol de Pikachu, Fortaleza vence Athletico-PR e encosta no G-6 do Brasileirão

Link da Notícia:

Com gol de Pikachu, Fortaleza vence Athletico-PR e encosta no G-6 do Brasileirão
Pikachu marca o gol da vitória do Fortaleza diante do Athletico-PR  (Foto: Fabiane de Paula/SVM)
Fortaleza segue invicto na Arena Castelão. Com gol de Yago Pikachu, que veio do banco, o Tricolor venceu o Athletico-PR neste domingo (9), em jogo da 14ª rodada do Brasileirão. O resultado diante do time paranaense mantém a invencibilidade da equipe tricolor em casa. Ao todo, na Série A de 2023, são quatro vitórias e três empates. A partida marcou também a estreia de Marinho, que entrou como titular.

NA TABELA

A vitória deu ao time comandado por Juan Pablo Vojvoda mais cinco posições na tabela. Com 23 pontos, o Leão encostou no G-6 do torneio nacional. Já o Furacão caiu para a 11ª posição, com 20 pontos somados.

PRÓXIMOS DESAFIOS

O Tricolor recebe o Cuiabá no domingo (16), às 16h (de Brasília), na Arena Castelão. No mesmo dia, o Athletico recebe o Bahia, às 18h30, na Liga Arena.

COMO FOI O JOGO?

Um primeiro tempo disputado. Enquanto o Fortaleza buscava construir no setor ofensivo, o Athletico-PR apostou nos contra-ataques, apertando a marcação do Tricolor. Marinho, que estreou já como titular, e Lucero buscaram o ataque, ao lado de Pochettino, mas sofreram para finalizar. Pelo Furacão, Arriagada tentou alcançar Alex Santana, mas Benevenuto cortou o lance.

O Tricolor rodou bastante a bola. Galhardo teve boa chance em cabeceio. Hércules apareceu bem e conseguiu contribuir na pressão ofensiva. Bruno Pacheco chegou pela esquerda, tabelou com o Pochettino. Ele tentou o cruzamento e foi cortado.

Pelo Furacão, Khellven, Cittadini, Cuello, Arriagada e Alex Santana comandaram as ações. O grupo paranaense trocou bastante passes e envolveu o Tricolor. Pelo Fortaleza, Marinho passou a bola para Hércules em toque de calcanhar. O jogador bateu forte de fora da área, mas Bento defendeu.

Em outro lance, Léo Cittadini ganhou de Hércules e tocou para a área. Arriagada apareceu livre, mas chegou com atraso e desviou para fora. Vojvoda precisou substituir Hércules após lesão no gramado. Zé Welison entrou no lugar.

Após erro de João Ricardo na saída de bola, Cuello aproveitou o lance e chutou cruzado para fora. Marinho tentou encontrar Lucero, sem muito sucesso. O time sofreu com a marcação adversária. O camisa 9 ainda teve boa chance nos minutos finais, ao ficar de frente para o gol, mas mandou para fora. Assim, o 1º tempo terminou sem gols.

O 2º tempo começou com o Tricolor pressionando no ataque. Marinho chegou a ter dois lances na área, mas nada de pênaltis. O novo reforço do Leão teve nova chance, mas carimbou a zaga. Em outra oportunidade, recebeu ficou cara a cara com o goleiro. Mas Bento fez grande defesa.

A equipe de Vojvoda seguiu trocando passes rápidos. Galhardo e Caio Alexandre tiveram boas oportunidades. Depois, Brítez iniciou a jogada pelo lado direito e acionou Zé Welison, que chutou forte por cima da trave adversária. Brítez ainda recebeu a bola no meio do campo e chutou forte, cruzado, mas mandou para fora.

Fechado na defesa, o Athletico diminui o ritmo, mas seguiu firme na marcação. O Tricolor seguiu criando boas chances, mas sem capricho na finalização. Zé Welison recebeu passe de Thiago Galhardo e chutou em cima da zaga. 

Em grande lance, Galhardo recuperou a bola e buscou finanlizar. Bem marcado, o jogador acabou mandando a bola para a linha de fundo. Aos 40 minutos, após entrar no lugar de Lucero, Pikachu recebe a bola de Caio Alexandre, parte em velocidade e fica na cara do gol. Ele chuta cruzado para balançar as redes da Arena Castelão.

O Athletico ainda pressionou com Willian Bigode, que chegou batendo e mandou para fora. Guilherme ainda teve outra boa chance para o Fortaleza, mas o duelo terminou em 1 a 0, com vitória e invencibilidade do Tricolor em casa, no Brasileirão.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1467079
Usuários Online: 24
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!