noticias799 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Esporte

Cruzeiro e Atlético empatam em clássico tenso pelo Mineiro

Raposa e Galo protagonizaram clássico de intensidade, provocação e reclamações com a arbitragem pela 5ª rodada do Estadual; Bruno Rodrigues e Hulk marcaram.

Publicada em 14/02/23 às 06:57h - 293 visualizações

Lucas Bretas, EM


Compartilhe
Compartilhar a noticia Cruzeiro e Atlético empatam em clássico tenso pelo Mineiro  Compartilhar a noticia Cruzeiro e Atlético empatam em clássico tenso pelo Mineiro  Compartilhar a noticia Cruzeiro e Atlético empatam em clássico tenso pelo Mineiro

Link da Notícia:

Cruzeiro e Atlético empatam em clássico tenso pelo Mineiro
Cruzeiro e Atlético empataram em clássico de muita intensidade no Independência  (Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Um clássico com "cara" de Cruzeiro x Atlético. Na noite desta segunda-feira (13/2), no Independência, em Belo Horizonte, Raposa e Galo empataram em 1 a 1 pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Bruno Rodrigues e Hulk marcaram os gols do embate.

A partida no Independência foi marcada pela grande entrega dos rivais e também por momentos de tensão. Copos atirados em campo, bombas, faltas duras e muitas reclamações com a arbitragem.

O Galo chegou a ter dois gols anulados no Horto, mas viu a Raposa abrir o placar. De falta, o principal nome do Atlético igualou o marcador. 

Com o resultado, o Cruzeiro chegou aos 5 pontos, mas se manteve na 3ª colocação do Grupo C do Estadual. O Atlético, por sua vez, foi aos 13 e conservou a liderança do Grupo A.

Na 6ª rodada, o Cruzeiro visitará o Villa Nova, às 19h do sábado (18/2). A partida será realizada no Alçapão do Bonfim, em Nova Lima.

O Atlético também jogará no sábado, mas às 16h30, diante do Patrocinense. O jogo ocorrerá no Independência.

O jogo


Como era de se esperar, o clássico teve um início intenso no Independência. Cruzeiro e Atlético não poupavam entrega desde os minutos iniciais, que foram marcados por muitas faltas.

Aos 10 minutos, a primeira "confusão". Os jogadores do Galo cobraram o árbitro Paulo César Zanovelli por um toque da bola no braço de Lucas Oliveira após cruzamento. O juiz, no entanto, viu o lance como acidental.

Dentro de campo, nenhuma das duas equipes conseguia estabelecer longos períodos de posse de bola. Havia muitos erros de passes e tentativas forçadas de bolas longas. Quem mais ameaçou nos primeiros minutos foi o Cruzeiro, que teve oportunidades com Bruno Rodrigues (com chute de fora da área) e Eduardo Brock (de cabeça).

Com o decorrer do tempo, o Atlético estabeleceu o controle da posse de bola no Horto. A Raposa se defendia com as linhas dentro de seu campo, se apoiando na ideia de aproveitar as roubadas de bola para tentar contra-atacar.A primeira grande chance do Galo veio aos 29 minutos. Hulk e Paulinho fizeram bela tabela entre as linhas do Cruzeiro. O camisa 7 acionou Patrick, com liberdade, na esquerda. O jogador finalizou forte, mas por cima do gol de Rafael Cabral.

Aos 33 minutos, Paulinho chegou a balançar as redes celestes com finalização colocada. O gol, no entanto, foi corretamente anulado por impedimento do camisa 10 atleticano. Patrick teve outra ótima chance aos 39', quando cabeceou "de peixinho" após escorada de Jemerson, mas viu a bola novamente passar por cima do travessão.

Já nos acréscimos, a Raposa voltou a levar perigo à meta atleticana. Nikão finalizou forte, rasteiro, de fora da área, forçando boa intervenção de Everson.

 

Assim se encerrou a primeira etapa: com muita intensidade, ligeira superioridade do Atlético dentro de sua proposta de jogo e poucas grandes chances de gol. O Cruzeiro, por sua vez, demonstrou muita competitividade após um início instável no Campeonato Mineiro.

Segundo tempo de gols


O Cruzeiro teve um bom início de segundo tempo, com mais iniciativa na posse de bola. A equipe celeste concentrava as trocas de passes prioritariamente pelo lado direito, com muitas interações entre Wallisson e Nikão.

Aos 8 minutos, o Atlético voltou a balançar as redes e teve mais um gol anulado. Pedrinho acionou Patrick em um contra-ataque (em posição irregular). O meia arrancou, driblou Rafael Cabral e tocou para Edenilson, que empurrou para as redes.

Aos 16 minutos, um contra-ataque do Cruzeiro resultou em placar aberto - definitivamente - no Independência. Wesley aproveitou bobeira de Pedrinho para roubar a bola e arrancar pela direita. Ele deu passe na medida para Bruno Rodrigues, que demonstrou frieza para tirar Everson da jogada e abrir o placar:
1 a 0.

O lance gerou intensa reclamação por parte dos jogadores do Atlético, já que, no início da jogada, duas bolas estavam em campo. Antes do contra-ataque celeste, no entanto, o lateral-direito Mariano havia espanado a segunda para fora do gramado.

O clássico ganhou em tensão após o tento. A Raposa não perdeu o ímpeto e seguia tentando ampliar o placar, encurralando a saída de bola alvinegra. Aos 35 minutos, no entanto, Hulk balançou as redes com uma bomba de falta no Independência: 1 a 1.
 
Na reta final da partida, os rivais buscaram o desempate, mas sem sucesso. O clássico marcado pela tensão no Horto teve fim com placar igualado.

CRUZEIRO 1x1 ATLÉTICO


Cruzeiro

Rafael Cabral; Lucas Oliveira, Reynaldo e Eduardo Brock; Wesley Gasolina (Wallisson), Neto Moura (Ramiro), Ian Luccas (Machado), Nikão e Wesley; Bruno Rodrigues e Gilberto (Matheus Davó).

Técnico: Paulo Pezzolano

Atlético

Everson; Mariano (Igor Gomes), Jemerson, Bruno Fuchs e Dodô; Allan (Otávio), Edenilson, Pedrinho (Hyoran) e Patrick (Rubens); Paulinho (Vargas) e Hulk.
Técnico: Eduardo Coudet
 
Motivo: 5ª rodada do Campeonato Mineiro
Data: segunda-feira, 13 de fevereiro de 2022
Local: Independência, em Belo Horizonte


Árbitro: Paulo César Zanovelli
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira

Gols: Bruno Rodrigues (Cruzeiro, aos 16' do 2°T); Hulk (Atlético, aos 35' do 2°T)
Cartões amarelos: Eduardo Brock, Ian Luccas, Lucas Oliveira (Cruzeiro); Matheus Mendes, Hulk, Bruno Fuchs, Igor Gomes (Atlético)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1558782
Usuários Online: 14
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!