Política

TURURU/CE: PREFEITA HILZETE MALVEIRA É CASSADA POR IRREGULAIDADES ADMINISTRATIVAS E VICE ASSUME O CARGO

Publicada em 26/06/22 às 08:15h - 71 visualizações

por Sovaco de Cobra


Compartilhe
Compartilhar a notícia TURURU/CE: PREFEITA HILZETE MALVEIRA É CASSADA POR IRREGULAIDADES ADMINISTRATIVAS E VICE ASSUME O CARGO  Compartilhar a notícia TURURU/CE: PREFEITA HILZETE MALVEIRA É CASSADA POR IRREGULAIDADES ADMINISTRATIVAS E VICE ASSUME O CARGO  Compartilhar a notícia TURURU/CE: PREFEITA HILZETE MALVEIRA É CASSADA POR IRREGULAIDADES ADMINISTRATIVAS E VICE ASSUME O CARGO

Link da Notícia:

TURURU/CE: PREFEITA HILZETE MALVEIRA É CASSADA POR IRREGULAIDADES ADMINISTRATIVAS E VICE ASSUME O CARGO
Hilzete Malveira, prefeita cassada  (Foto: Reprodução)

A prefeita de Tururu,  Hilzete Malveira (PSDB), teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores, durante sessão extraordinária neste sábado (25), vereadores decidiram cassar o mandato da prefeita após denúncia feita ainda em março, por três atos de infrações político-administrativas.

Novas eleições não estão previstas, já que a cassação não ocorreu através de julgamento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE).

O vice-prefeito, Dr. Bernardo (PSB) foi convocado e assumiu a função após decreto aprovado de cassação.

Entenda as acusações

Conforme a denúncia, Hilzete Malveira teria nomeado diretores das escolas públicas sem atender aos critérios da lei. Entre eles o de nomear ar 60% dos diretores de Escolas de forma irregular. O pedido de cassação foi aceito pelos vereadores com base neste ponto, por 6 votos a 3.

De acordo com a segunda acusação, a prefeitura teria concedido gratificações sem respaldo legal a dois servidores. Neste segundo ponto, os parlamentares negaram a denúncia por unanimidade.

A terceira acusação, que foi aceita por 6 a 3, aponta a Chefe do Executivo de nomear cargos de provimento em comissão que não seriam previstos na estrutura organizacional de Tururu.

Defesa

A Procuradora Geral do município negou as acusações antes da votação.

Entre os argumentos de defesa, ela indicou que houve falha na citação da prefeita, e apontou como exemplo, a ausência da ata da sessão que recebeu a denúncia, em março.

"De acordo com a representante que defendeu o município, “o procedimento tem nulidades e má fé, visto o excesso e abuso de poder pela Câmara, pois recebeu a denúncia sem as devidas observações.”

Essa foi a primeira vez na história do município que um Gestor Executivo é caçado de seu mandato. Em outra ocasião onde o vice assumiu a prefeitura foi em 2016, quando o então Prefeito Nonato Marim foi afastado e perdeu o cargo. Nonato Marim é ex marido da atual gestora que deixa o cargo hoje ao ser caçada.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 655610
Usuários Online: 35
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!