Sovaco de Cobra
Política

Mais um ato de Lula acontece sem adesão popular

Depois do 1º de Maio, novo fiasco em Contagem/MG

Publicada em 11/05/22 às 02:16h - 35 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia Mais um ato de Lula acontece sem adesão popular  Compartilhar a notícia Mais um ato de Lula acontece sem adesão popular  Compartilhar a notícia Mais um ato de Lula acontece sem adesão popular

Link da Notícia:

Mais um ato de Lula acontece sem adesão popular
Resultados das pesquisas não encontram eco nas ruas  (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Assim como o 1º de Maio realizado por centrais sindicais, partidos e movimentos de esquerda na Praça Charles Miller, no Pacaembu, em São Paulo, foi um fiasco, mesmo custando mais de R$ 1 milhão e tendo shows musicais como os das cantoras Daniela Mercury e Leci Brandão, o ato de ontem (10.05), realizado em prol da candidatura de Lula em Contagem (VEJA O VÍDEO), município mineiro da Região Metropolitana de Belo Horizonte, também não teve participação do povo.

Assim como Lula teve que atrasar seu discurso em três horas e meia no 1º de Maio esperando para ver se aparecia mais gente próximo ao horário do show de Daniela Mercury, teve que falar somente para militantes de esquerda e para um oceano de cadeiras vazias no ato de Contagem.

Sábado passado (07.05), dia em que Lula e Alckmin lançaram suas pré-candidaturas, outra situação vexaminosa aconteceu em Vitória, capital do Espírito Santo. Manifestantes do lulopetismo fizeram uma manifestação em um shopping em defesa da candidatura de Lula que se configurou nitidamente em um ato de campanha eleitoral antecipada. Gritando "Brasil, urgente, Lula presidente", palavra de ordem que contraria a Lei Eleitoral, os militantes não esperavam contar com a reação negativa do público presente que unissonamente começou a gritar "Lula ladrão, seu lugar é na prisão".

A direção do referido shopping disse que as regras do estabelecimento não permitem a realização de manifestações políticas em seu interior e convidou a militância do ex-presidente a se retirar.

Esses eventos iniciais demonstram, por um lado, que o lulopetismo já começou a campanha antecipadamente, e, por outro, que não será nada fácil para Lula fazer campanha de rua. Por enquanto, o presidente só consegue fazer campanhas em lugares fechados como auditórios de universidades e sedes de sindicatos. Até o momento, sua liderança apontada nas pesquisas não pode ser constatada nos atos de rua.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 475739
Usuários Online: 81
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!