Política

Vice-prefeito mentiu na inauguração do teleférico de Juazeiro do Norte/CE

Giovanni Sampaio (PSD) disse que não tinha um centavo do governo federal na obra concluída.

Publicada em 31/03/22 às 07:32h - 267 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia Vice-prefeito mentiu na inauguração do teleférico de Juazeiro do Norte/CE  Compartilhar a notícia Vice-prefeito mentiu na inauguração do teleférico de Juazeiro do Norte/CE  Compartilhar a notícia Vice-prefeito mentiu na inauguração do teleférico de Juazeiro do Norte/CE

Link da Notícia:

Vice-prefeito mentiu na inauguração do teleférico de Juazeiro do Norte/CE
 (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)
O vice-prefeito Giovanni Sampaio (PSD) desinformou a população juazeirense e a cearense ao dizer, durante a inauguração (28.03) do teleférico de Juazeiro do Norte/CE, que a obra não tem "nenhum centavo" do governo federal. Nada mais falso.
O vice-prefeito, em seu afã de agradar o então governador Camilo Santana (PT), acabou atacando indevidamente o governo federal.
Primeiro Giovanni falou em R$ 40 milhões que a União liberaria para a construção do teleférico. Em verdade, e pode ser constatado no site do governo federal na página Convênio/Acordo, o convênio feito entre o governo estadual e a União foi no valor de R$ 19.857.782.82, celebrado pelo processo nº 097998/2017 através do Ministério do Turismo (MT) e tendo por concedente a Caixa/SNINFRA (órgão do MT). Portanto, metade do valor apontado por Giovanni. Qualquer pessoa pode acessar a página e verificar o convênio.
Desse montante, 10%, ou seja, R$ 1.985.778,28, foi liberado no dia 19.10.2020, ou seja, 1 ano e 5 meses atrás. Totalmente diferente do "nenhum centavo" apregoado pelo vice-prefeito. De lá para cá, nada mais foi liberado.
Giovanni esqueceu de dizer que o dinheiro da União não veio com a celeridade que o governo estadual queria, já que Camilo pretendia inaugurar a obra em tempo hábil para creditá-la em sua campanha para senador. Assim, o estado realmente construiu a obra com recursos próprios. Mas tão logo os 10% liberados foram entregues, o estado foi ressarcido, passando a União a ter destinado verbas para a construção do equipamento turístico.
Esses pormenores fazem toda a diferença, pois uma história contada pela metade se perde nas entrelinhas e gera narrativas destorcidas.
Certa vez, disse a Giovanni que gostava de sua postura por não ser um homem de meias verdades e, como tal, não ser adepto de mentiras. Porém, no dia 28, fui surpreendido. Espero que tenha sido apenas um deslize. Mas a desinformação ficou e muita gente ainda repete as inverdades que dela nasceram.
Lamentável.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 549633
Usuários Online: 68
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!