Sovaco de Cobra
Policial

Juíza do caso João Paulo se declara suspeita e deixa o processo

Juíza justifica dizendo que tomará medidas judiciais e legais contra João Paulo e seu advogado de defesa.

Publicada em - 627 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia Juíza do caso João Paulo se declara suspeita e deixa o processo  Compartilhar a notícia Juíza do caso João Paulo se declara suspeita e deixa o processo  Compartilhar a notícia Juíza do caso João Paulo se declara suspeita e deixa o processo

Link da Notícia:

Em decisão proferida no dia 5 de novembro e liberada para os autos do caso João Paulo Teixeira Ramos somente hoje, dia 10 de novembro, a Juíza de Direito Lúcia Maria Vieira, que estava à frente do processo, declarou-se suspeita em julgá-lo (VEJA A DECISÃO ABAIXO), uma vez que tomará medidas judiciais e legais contra João Paulo e seu advogado Dr. Bebeto em defesa de sua reputação funcional, já que imputa ao acusado a afirmação de ser ela tendenciosa em favor da “suposta vítima” Márcio Joias. Para Dr. Bebeto, isso reverbera enquanto uma ameaça.

Com tal decisão, outro magistrado deverá assumir o caso. Para João Paulo, porém, esse novo elemento pode facilitar sua liberdade total servindo para a entrada de um pedido de extinção do processo.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

7 comentários


TELES-ESPECTADOR ATENTO

11/11/2021 - 15:58:05

Antes de comentar, eu tive que ir no perfil da Juíza que não quer APLICAR A JUSTIÇA e na sua foto diz que ela acredita e confia nas urnas eletrônicas, mesmo as eleições de 2018 terem sido informados 16 mil incidentes variados como: o leitor digitava o número 17, mas não aparecia a foto do candidato, eleitor que antes de terminar de votar a urna "super segura" e "inviolável" se CONFIRMAVA SOZINHA. Pois bem, uma pessoa dessa, que faz parte da magistratura faz um desserviço para a nação. Não respeita as leis e nem a Constituição. O problema da Justiça brasileira está intrinsecamente ligado a vontade particular de cada pessoa. Na minha concepção TODO O JUDICIÁRIO BRASILEIRO deveria seguir aquilo que escreveu Cessare Beccaria, no seu livro, DOS DELITOS E DAS PENAS diz no capítulo DA INTERPRETAÇÃO DAS LEIS: "OS JUÍZES EM CASOS DE CRIMES, NÃO TÊM O DIREITO DE INTERPRETAR AS LEIS PENAIS, POIS NÃO SÃO LEGISLADORES". Estamos vivendo tempos sombrios no Brasil, onde, imagem vocês que tem um deputado preso por expressar sua OPINIÃO CONTRA O STF, ESPECIFICAMENTE a um ministro careca que se acha o dono do Brasil, apesar dele INVIOLÁVEL civil e penalmente por QUAISQUER, QUAISQUER, DE SUAS PALAVRAS, OPINÕES OU VOTOS, apesar de não existir esse tipo de crime, apesar de ter pago uma fiança de 100 mil reais, o parlamentar continua preso. Quando se tira da pessoa DIREITOS CONSTITUCIONAIS como: o devido processo legal, o que não acontece no caso do João Paulo, o direito de ir e vir e circular livremente pelo país, porque, apesar de está livre, as medidas cautelares diminuem a liberdade do indivíduo, não há dúvida em relação a isso. É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato. No artigo 220 da Constituição garante a manifestação do pensamento, a criação, a expressão, e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, NÃO SOFRERÃO QUALQUER RESTRIÇÃO, observado o disposto na Constituição. JOÃO PAULO RAMOS no seu canal do You Tube estava incomodando essa gente que tem como finalidade precípua se locupletarem para meter a mão no DINHEIRO DO PAGADOR DE IMPOSTO DE JUAZEIRO DO NORTE. É DISSO QUE ESSA TRUPE TEM MEDO: de uma voz DISSONANTE como o próprio nome já diz: " O MITO DA DENÚNCIA". Na vida política é assim. Quando não se consegui debater com outra pessoa, quem está perdendo o debate MUNICIADO COM A VERDADE é simplesmente CALADO, como foi CALADO JOÃO PAULO. Eles querem manter a população de Juazeiro do Norte incauta do que acontece nos bastidores da política local, para que assim, eles possam solapar ainda mais o nosso povo. Sendo a juíza, a responsável pelo fim das medidas restritivas contra a pessoa de João Paulo, sendo ela amiga do vice-prefeito do PSD, do Prefeito, deveria ela ter um mínimo de PROBIDADE ADMINISTRATIVA e declarar-se suspeita nesse caso, para que se faça JUSTIÇA. DE injustiça eu entendo. Há mais de cinco anos que eu digo que o "Estado Democrático de Direito" MORREU NO BRASIL. Hoje, esse mesmo o termo "Estado Democrático de direito" tem o mesmo peso semântico de um mero ditado popular ou o mesmo romantismo de uma figura folclórica. Você pensa que ela existe, mas não existe, mas há quem acredite em Caipora, Saci Pererê e mula sem cabeça. Eles usam dessas palavras gatilhos como: "defesa da democracia, DO ESTADO DEMOC´RATICO DE DIREITO" para perseguir e calar os seus opositores, como estão fazendo com João Paulo Ramos Teixeira. LIBERDADE PARA TODOS OS PERSEGUIDOS POLÍTICOS DESSE ESTADO DE EXCEÇÃO QUE ESTAMOS VIVENDO NA ATUAL CONJUNTURA!


TELES-sspectador Atendo

11/11/2021 - 14:57:17

Eu tenho análise precisa e juridica sobre esse e outros casos de INJUSTIÇA!!!


Letícia

11/11/2021 - 12:49:10

Obg coronel José Cruz landim pelo carinho e apoio de sempre, conte sempre conte conosco


Letícia

11/11/2021 - 12:12:07

Obg coronel José Cruz landim pelo carinho e apoio de sempre, conte sempre contos


Jose cruz landim

11/11/2021 - 09:32:17

Joao paulo confie na justica e continue lutando que vc sera bem sucedido! Com relacao a juiza ela reconheceu que estava do outro lado, tanto e que se julgou suspeita, para seu bem e da familia e amigos! Visto posto, e sua vez de mostrar a sua inocencia perante as acusacoes. Conte conosco!Boa sorte e um forte abraco Fraternalmente Cel Cruz Landim


Jose cruz landim

11/11/2021 - 09:26:56

Joao paulo confie na justica e continue lutando que vc sera bem sucedido! Com relacao a juiza ela reconheceu que estava do outro lado, tanto e que se julgou suspeita, para seu bem e da familia e amigos! Visto posto, e sua vez de mostrar a sua inocencia perante as acusacoes. Conte conosco!Boa sorte e um forte abraco Fraternalmente Cel Cruz Landim


João Paulo ramso

10/11/2021 - 17:28:14

Graças a Deus o fim deste ciclo que negava absolutamente todos os pedidos de minha defesa e deixado para trás! Uma vergonha como vinha sendo conduzido tal processo do qual me proibia de ir a cidade Natal Juazeiro do norte, proibia de falar sobre o caso e inclusive de me defender diante das ofensas a mim dirigidas por fraudadores processuais! Mais estranho e o recebimento de mais de 3 milhões por parte do executivo da parte fraudadora do processo! Deve ter muitos como eu que passaram por injustiças dentro do judiciário, porém sigo acreditando na justiça e sua imparcialidade! Se alguém tiver casos semelhantes ou que se trate de alguém que não teve direito de defesa converse conosco porque tudo deve ser esclarecido


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 471239
Usuários Online: 61
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!