noticias801 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Municípios

Chicão do Taquari, Rafael Cearense, Cícero Sabino e as estradas vicinais da zona rural de Juazeiro do Norte/CE

Denúncia, promessa vazia e desemprego.

Publicada em 14/02/23 às 11:34h - 1085 visualizações

Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a noticia Chicão do Taquari, Rafael Cearense, Cícero Sabino e as estradas vicinais da zona rural de Juazeiro do Norte/CE  Compartilhar a noticia Chicão do Taquari, Rafael Cearense, Cícero Sabino e as estradas vicinais da zona rural de Juazeiro do Norte/CE  Compartilhar a noticia Chicão do Taquari, Rafael Cearense, Cícero Sabino e as estradas vicinais da zona rural de Juazeiro do Norte/CE

Link da Notícia:

Chicão do Taquari, Rafael Cearense, Cícero Sabino e as estradas vicinais da zona rural de Juazeiro do Norte/CE
Chicão do Taquari, vereador Rafael Cearense (PODE) e Cícero Sabino  (Foto: Fotomontagem/Fábio Souza Tavares)

A zona rural de Juazeiro do Norte/CE se tornou ponto central nas rodas de conversas políticas no Município e nas redes sociais devido a duas situações: a votação contrária de vereadores sobre a atualização da Lei que autoriza a inserção de comunidades rurais juazeirenses no projeto São José cuja finalidade é levar água potável para as localidades contempladas, e a situação das estradas vicinais rurais. O vereador Rafael Cearense ocupa papel de destaque nas duas situações.

Na primeira, defendendo a mensagem do Executivo e a expectativa dos moradores dos sítios contemplados pelo São José, votou favoravelmente à atualização da Lei que já fora aprovada em 2021.

Na segunda situação, porém, é o ator principal de uma polêmica oriunda do ano passado e é apontado como autor de um pedido nada republicano.

Em março do ano passado, Chicão do Taquari fez um vídeo falando das péssimas condições das estradas vicinais da zona rural e da ausência do vereador Rafael Cearense, que é da zona rural, na busca pela resolução do problema. 

O vereador, pensando estar resguardando-se e resguardando o governo municipal, apressou-se em defender o indefensável prometendo que até dezembro do ano passado todas as estradas estariam recuperadas e bem compactadas. Ora! Não se consegue isso em 9 meses, conforme prometera Rafael.

O vereador foi além em sua implacável promessa irrealizável: disse que se a recuperação das estradas não acontecesse até dezembro de 2023, poderiam cobrar dele e ridiculariźá-lo (VEJA O VÍDEO).

Acontece que o vereador, saído por cima da votação favorável ao São José, saiu por baixo ao ser apontado como a pessoa que pediu a demissão de um operário que trabalha na obra de uma escola no Sítio Espinho pelo simples fato dele lhe ter perguntado sobre a recuperação das estradas vicinais.

Rafael nega ter pedido a demissão do operário à empresa responsável pela obra do Município. Já a esposa e amigos do Cícero Balbino - nome do trabalhador demitido - afirmam que a demissão ocorreu a pedido de Rafael como forma de vingança  contra o simples questionamento feito acerca das estradas em questão.

Essa situação precisa ser esclarecida e, caso seja constatada a veracidade da vingança que resultou em demissão, Cícero Balbino tem que ser prontamente readmitido e a conduta do vereador criteriosamente avaliada.

Uma amiga minha diz que Rafael é um estagiário  de vereador reprovado. Já penso que é muito difícil para um vereador estreante ser líder de um governo que encontra na Câmara Municipal uma oposição firme e determinada.

O vereador Rafael ainda tem muito a aprender - como muito aprendeu o vereador Capitão Vieira. Doravante não faça mais promessas incumpríveis, controle seu afã na defesa de sua política e rejeite qualquer altivez oriunda do orgulho desmedido.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1561114
Usuários Online: 66
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!