Municípios

Novo flagrante do caos da Saúde pública municipal de Juazeiro do Norte/CE

Desumanização e desrespeito à prioridade.

Publicada em 26/06/22 às 08:41h - 135 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia Novo flagrante do caos da Saúde pública municipal de Juazeiro do Norte/CE  Compartilhar a notícia Novo flagrante do caos da Saúde pública municipal de Juazeiro do Norte/CE  Compartilhar a notícia Novo flagrante do caos da Saúde pública municipal de Juazeiro do Norte/CE

Link da Notícia:

Novo flagrante do caos da Saúde pública municipal de Juazeiro do Norte/CE
 (Foto: Reprodução/Internet)

Já mostramos baratas passeando na maca, infiltração, goteiras, sujeira, tomada com fios à mostra, tudo no setor pediátrico. Também já mostramos as filas infernais para aquisição de medicamentos e a falta de medicamentos na Policlínica Geraldo Menezes Barbosa, equipamento de Saúde pública do Município de Juazeiro do Norte/CE que já foi o Hospital Tarso Ribeiro Jereissati e o Hospital Estephânia Rocha Lima. Cada vez que muda de nome, a situação piora. E agora, no governo Glêdson Bezerra (PODE), alcançou o pior momento de toda a sua História.

Neste dia 23.06, aproximadamente às 11 h, enquanto muita gente já pensava nos festejos juninos, uma adolescente, acompanhada de sua mãe, deu entrada na referida policlínica (Estephânia, como é mais conhecida) com fortes dores, pálida e pressão muito baixa (VEJA O VÍDEO). Mas a situação não foi vista como de urgência. Uma pessoa do equipamento de Saúde, apontada como "uma loira enjoada que fica no primeiro andar", foi quem avaliou, segundo os presentes, o estado da adolescente.

Ainda segundo relatos das pessoas presentes, havia, naquele momento, uma ambulância no Estephânia, mas a paciente não foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Limoeiro nem atendida com urgência onde se encontrava.

Vereadores da base de sustentação do prefeito Glêdson, quando algo dessa natureza acontece, dizem que a Saúde juazeirense sempre foi assim. Todos os que afirmam isso mentem descaradamente.

"O Estephânia" já foi um hospital com atendimento 24 h, inclusive com uma setor cirúrgico aberto pela madrugada, onde o médico Carlos Macedo cansou de fazer cirurgias. A Farmácia 24 horas também existia nesse equipamento.

Hoje, na atual gestão, "o Estephânia", mesmo passando por uma reforma há aproximadamente um ano, encontra-se deteriorado, com infiltração e goteiras, tomadas com fiação exposta etc. No setor de internação pediátrica, os ar condicionados, que funcionavam normalmente na gestão de Zé Arnon, encontram-se desligados e as crianças sofrem com o excesso de calor. Faltam remédios básicos e remédios controlados.

Atualmente, a população, em comentários simples que ilustram a real situação, afirma que "O Estephânia está entregue às baratas". Mas no reino publicitário da República dos Lima & Oliveira, o equipamento é nota 10!

E vai comendo, Glêdson Bezerra!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 656030
Usuários Online: 86
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!