Municípios

Juazeiro do Norte aniversaria: 110 anos de uma grande História

22 de julho é o dia de emancipação do Município.

Publicada em 22/07/21 às 05:47h - 396 visualizações

por Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a notícia Juazeiro do Norte aniversaria: 110 anos de uma grande História  Compartilhar a notícia Juazeiro do Norte aniversaria: 110 anos de uma grande História  Compartilhar a notícia Juazeiro do Norte aniversaria: 110 anos de uma grande História

Link da Notícia:

Juazeiro do Norte aniversaria: 110 anos de uma grande História
 (Foto: Reprodução)

Pelos embates políticos e pelas linhas de O Rebate do padre Joaquim de Alencar Peixoto e do professor José Joaquim Teles Marrocos, pela determinação do médico Floro Bartolomeu e sob a égide do padre Cícero Romão Batista, surgiu Joaseiro, o nosso Juazeiro do Norte, emancipando-se em 22 de julho de 1911.

Juazeiro da Sedição de 14, da beata Maria de Araújo e das grandes romarias, da experiência comunitária do Sítio Baixa Dantas - prenúncio da comunidade agrícola do Caldeirão -, do boi Mansinho, das contendas, das loas e das ladainhas.

Juazeiro que experimentou o grande milagre de passar de vila à capital regional do Cariri. Juazeiro dos artífices com seus ourives, mestres em sapataria, relojoeiros e santeiros. Juazeiro das oficinas e dos santuários, da fé e do trabalho, das festas e do labor diário.

Juazeiro dos arranjos produtivos, do turismo religioso, econômico e acadêmico, das feiras e mercados, do Bálsamo da Vida e da Cajuína São Geraldo. Juazeiro dos fogos e dos folguedos. Juazeiro sem medo, indômito, alvissareiro.

Juazeiro cosmopolita, amálgama de várias cores, de várias crenças, de várias artes, de várias vocações, do crescimento econômico e acadêmico.

São tantas obras, tantos nomes, tantos feitos que não cabe em um escrito, em uma só mente, mas explode em nosso peito.

Juazeiro centenário, parabéns, ó Juazeiro!, por mais um ano de vida!

Embora vítima de intempéries, perfídias, conjunturas políticas embevecidas no lúgubre lodaçal das ilusões abortadas, Tu sempre passas e peremptoriamente assinalas a tua força. És gigante, enaltecido, ascendente, iluminado. E não é do leme inconfiável que se faz o teu destino, pois teu caminho quem delineia é o teu povo.

Viva os 110 anos do nosso querido Juazeiro do Norte!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 655641
Usuários Online: 44
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!