noticias457 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Mundo

O encontro de Bolsonaro com Putin desmentiu a grande mídia

O encontro demonstrou o respeito da Rússia pelo presidente brasileiro.

Publicada em 17/02/22 às 06:31h - 197 visualizações

Fábio Souza Tavares


Compartilhe
Compartilhar a noticia O encontro de Bolsonaro com Putin desmentiu a grande mídia  Compartilhar a noticia O encontro de Bolsonaro com Putin desmentiu a grande mídia  Compartilhar a noticia O encontro de Bolsonaro com Putin desmentiu a grande mídia

Link da Notícia:

O encontro de Bolsonaro com Putin desmentiu a grande mídia
Putin sentou muito próximo a Bolsonaro  (Foto: Fotomontagem de fotos reproduzidas das redes sociais/Fábio Souza Tavares)

Desmentindo todos os prognósticos da Globo e afins, Bolsonaro (PL) foi recebido com honararias de grande chefe de Estado pelo governo russo e com entusiasmo pelo presidente Vladimir Putin.

A Globo teria sugerido que Bolsonaro seria recebido por Putin a uma distância quilométrica, em uma prévia comparação com o que aconteceu com Emannuel Macron, presidente da França.

Macron, que se vacinou contra a Covid-19, não recebeu aperto de mão de Putin e conversou com ele separado por mesa de 5 m. O chanceler alemão Scholz, também vacinado e em visita a Putin, não recebeu aperto de mão do presidente russo. Daí a Globo insinuar que com Bolsonaro, que não se vacinou contra a doença, a distância seria maior. Nada mais falso.

Putin apertou a mão de Bolsonaro calorosamente e conversou com ele em uma pequena sala e separado apenas por uma mesa de poucos centímetros. Junto aos chefes de Estado, somente os dois tradutores.

A conversa foi profícua. Discutiram questões geopolíticas e, principalmente, questões relativas à energia e petróleo. "Realmente, é mais que um casamento perfeito o sentimento que eu levo ao Brasil. E senti também pela fisionomia, pelo que foi tratado até fora da agenda oficial com as autoridades russa e, em especial, com o presidente Putin, que esse é o sentimento que ele tem do Brasil", falou Bolsonaro sobre a reunião.

Perguntado sobre a crise da Ucrânia, Bolsonaro disse: "Não dou recado para ninguém. O Brasil é um país pacifista e o mundo, vários outros países têm problemas regionais". Vale lembrar que o governo dos EUA tinha alertado para o perigo de Bolsonaro se reunir com Putin em uma conjuntura marcada pelo acirramento das tensões entre Rússia e Ucrânia. Novamente, nada mais falso.

(VEJA UM TRECHO DO DICURSO DE BOLSONARO NA RÚSSIA)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1691440
Usuários Online: 44
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!