noticias14 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Mundo

Rússia convida facções palestinas para reunião, incluindo o Hamas

Publicada em 20/02/24 às 09:39h - 683 visualizações

John Irish, Reuters


Compartilhe
Compartilhar a noticia Rússia convida facções palestinas para reunião, incluindo o Hamas  Compartilhar a noticia Rússia convida facções palestinas para reunião, incluindo o Hamas  Compartilhar a noticia Rússia convida facções palestinas para reunião, incluindo o Hamas

Link da Notícia:

Rússia convida facções palestinas para reunião, incluindo o Hamas
Putin, presidente da Rússia, e Yahya Sinwar, líder do Hamas  (Foto: Fotomontagem/Fábio Souza Tavares)

A Rússia convidou facções palestinas para se reunirem em Moscou em 26 de fevereiro, disse o primeiro-ministro da Autoridade Palestina neste domingo.

"A Rússia convidou todas as facções palestinas que se reunirão no dia 26 deste mês em Moscou. Veremos se o Hamas está pronto para vir conosco", disse Mohammad Shtayyeh na Conferência de Segurança de Munique.

"Estamos prontos para nos envolvermos. Se o Hamas não estiver, então a história é diferente. Precisamos da unidade palestina", disse ele, acrescentando que para fazer parte dessa unidade o Hamas precisava atender a certos pré-requisitos.

Criada como parte dos acordos de paz de Oslo de 1993 entre Israel e a Organização para a Libertação da Palestina (OLP), a Autoridade Palestina tem visto sua legitimidade constantemente minada pelas construções feitas por colonos israelenses na Cisjordânia ocupada.

Já o grupo militante islâmico Hamas governou a Faixa de Gaza durante 17 anos, depois de expulsar do enclave os serviços de segurança leais à Autoridade Palestina. Os ataques mortais do Hamas em 7 de outubro contra Israel desencadearam a guerra contra o grupo em Gaza.

Os Estados ocidentais e alguns Estados árabes deixaram claro que querem ver uma Autoridade Palestiniana revitalizada -- que o presidente Mahmoud Abbas dirige desde 2005 -- assumir o comando de Gaza assim que o conflito terminar, unificando sua administração com a Cisjordânia.

"A Palestina está pronta. Temos as instituições, as capacidades, mas o nosso grave problema é que estamos sob ocupação", disse Shtayyeh. “Estamos sob ocupação israelense e precisamos que isso acabe.”




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1596141
Usuários Online: 47
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!