noticias135 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Esporte

Análise: Leão pega grupo pedreira na Sula com Boca e altitude; veja detalhes de rivais

Tricolor de Aço enfrenta Boca Juniors, Nacional de Potosí e Trinidense/PAR.

Publicada em 19/03/24 às 07:19h - 707 visualizações

Vladimir Marques, DN


Compartilhe
Compartilhar a noticia Análise: Leão pega grupo pedreira na Sula com Boca e altitude; veja detalhes de rivais  Compartilhar a noticia Análise: Leão pega grupo pedreira na Sula com Boca e altitude; veja detalhes de rivais  Compartilhar a noticia Análise: Leão pega grupo pedreira na Sula com Boca e altitude; veja detalhes de rivais

Link da Notícia:

Análise: Leão pega grupo pedreira na Sula com Boca e altitude; veja detalhes de rivais
O Leão enfrentará o Boca Juniors de Cavani, que começou bem a temporada no futebol argentino,  (Foto: Divulgação / Boca Juniors)
O Fortaleza conheceu seus adversários na Fase de Grupos da 1ª Fase da Copa Sul-Americana. O Leão enfrenta Boca Juniors, Nacional de Potosí e Trinidense/PAR.
 O grupo do Leão é considerado difícil, com um gigante sul-americano (o Boca) e uma equipe que joga na altitude na Bolívia (Nacional Potosí). De adversário mais acessível, o clube enfrentará o  Trinidense, do Paraguai, time que joga em Assunção e com pequena torcida.
A tendência é que o Leão dispute a liderança do Grupo D com o Boca Juniors, com dois jogos sensacionais no Castelão e em La Bombonera. Vale lembrar que só o líder avança para as Oitavas de Finais. O 2º colocado jogará uma fase prévia de mata-mata, contra times que ficarem em terceiros na fase de Grupos da Libertadores.
 Tanto Fortaleza quanto Boca devem ter dificuldade contra o Nacional em Potosí, mas quando receberem o time boliviano, devem vencer com tranquilidade. Já diante do Trinidense, brasileiros e argentinos tem grande chance de vencer as duas partidas.
 Veja como estão os adversários do Tricolor de Aço:

Boca Juniors
 O Boca é um dos maiores clubes do mundo e foi vice-campeão da Libertadores em 2023, perdendo para o Fluminense no Maracanã. Os 'xeneizes' estão na Copa Sul-Americana pela 7ª colocação no Campeonato Argentino. 
 Na atual temporada, o Boca tem jogado a Copa da Liga Argentina. Em 10 jogos, são 4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas. São 14 gols marcados e 9 sofridos. O time é o 6º colocado no Grupo B.
O técnico é Diego Martínez de 45 anos. O destaque do Boca é o experiente atacante uruguaio Cavani. Em 7 jogos, ele marcou 4 gols.
 Time base: Romero, Advíncula, Lema, Figal, Blanco, Zenon, Campuzano, Fernández, Medina, Cavani e Merentiel.
 Nacional de Potosí/BOL
  O time boliviano, conhecido com La Banda Roja, e tem como trunfo a altitude Potosí. Situada na Cordilheira dos Andes, à altitude de 3.967 metros, é uma das cidades, geograficamente, mais altas do mundo. A equipe joga no estádio  Víctor Agustín Ugarte, para 32.105 pessoas.
 O Nacional fez 7 jogos na temporada, sendo 6 pelo Boliviano e 1 pela Sula, na fase prévia. São 4 vitórias, 2 empates e uma derrota. O time lidera do Grupo B do Campeonato Boliviano.
O argentino Claudio Biaggio é o treinador da equipe e tem 56 anos. O destaque da equipe também é argentino: o atacante Facundo Callejo tem 31 anos e com 7 jogos na temporada, marcou 4 gols e deu uma assistência. Um dos gols dele já foi na Sul-Americana, na fase prévia contra o Vinto, também da Bolívia.
 Time base: Carlos Adorno, Heber Leaños, Javier Guerra, Oscar Baldomar, Luis Pavía, Gustavo Cristaldo, Jorge Ándia, Saulo Guerra, Pedro Azogue, Omar Duarte, Facundo Callejo.
 Trinidense/PAR
 O Sportivo Trinidense é um clube de Assunção, no Paraguai. O El Triqui está na elite paraguaia mas não faz um bom campeonato.  
 
É o penúltimo colocado do campeonaA equipe participou da fase prévia deste ano, mas após passar pelo El Nacional, do Equador, foi eliminado pelo Colo Colo em dois jogos (1x1) e (2x1).
 O destaque da equipe é o lateral-direito César Benítez, de 33 anos. Ele é já passou pelo Coritiba, e pelos gigantes paraguaios, Olímpia e Cerro Porteño. O técnico da equipe é o paraguaio José Arrúa.
 Time base:  Víctor Samudio, César Benítez, Gilberto Flores, Sergio Mendoza, Luis de la Cruz, Juan Salcedo, Marcos Riveros,  Joel Román, Fernando Romero, Brian Andrada e José Sinisterrato com 12 clubes. Em 10 jogos, são apenas 2 vitórias, um empate e 7 derrotas. São 13 gols marcados e 20 sofridos.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


Agnaldo Carlos

19/03/2024 - 16:55:23

Da Sula!!!


Agnaldo Carlos

19/03/2024 - 16:54:16

Porque o Fortaleza pega grupo pedreira?Fortaleza é atual vice campeão da Silva, então tem que respeitar...


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1594261
Usuários Online: 54
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!