noticias920 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Cultura/Entretenimento

Brinquedo sexual de 2 mil anos é identificado no Reino Unido

Publicada em 23/02/23 às 06:18h - 703 visualizações

tecmundo


Compartilhe
Compartilhar a noticia Brinquedo sexual de 2 mil anos é identificado no Reino Unido  Compartilhar a noticia Brinquedo sexual de 2 mil anos é identificado no Reino Unido  Compartilhar a noticia Brinquedo sexual de 2 mil anos é identificado no Reino Unido

Link da Notícia:

Brinquedo sexual de 2 mil anos é identificado no Reino Unido
Objeto fálico encontrado no forte romano de Vindolanda, localizado onde hoje é território do Reino Unido  (Foto: The Vindolanda Trust )

Um artefato descoberto em 1992 no forte romano de Vindolanda, localizado no Reino Unido, pode não ser um instrumento de costura, como se pensava, mas sim um brinquedo sexual preservado por 2 mil anos. A releitura do objeto fálico, publicada na segunda-feira (20) na revista científica Antiquity, revela, através de escaneamentos em 3D, um uso intenso das duas pontas, o que as deixou mais lisas do que o resto do conjunto.

A conceituação da peça de 17 centímetros como ferramenta de cerzir se deveu ao fato de ela ter sido encontrada lado a lado com dezenas de sapatos e acessórios de vestidos, além de pequenas ferramentas e utensílios de artesanato. Todo esse material, junto de sobras de couro e chifres esculpidos, teriam sido descartados no fosso do forte, no século II.

Em comunicado, Rob Collins, professor de arqueologia da Universidade de Newcastle e primeiro autor do artigo, diz que o tamanho do falo e o fato de ter sido esculpido em madeira levanta uma série de questões sobre seu uso na antiguidade. "Não podemos ter certeza de seu uso pretendido". Ele reconhece, no entanto, que os antigos romanos e gregos usavam "implementos sexuais".

A popularidade dos falos no Império Romano

De acordo com o estudo, em duas ou três dimensões, as representações fálicas faziam parte do dia a dia dos romanos. Essa preferência é normalmente explicada tanto por uma estética erótica, como funções mágicas e até mesmo no apotropismo, ou seja, rituais e símbolos feitos para afastar a desgraça, a doença, ou qualquer outro tipo de feitiço.

Mas, a partir de evidências de uso potencial ao longo do tempo com uma revisão de outras informações arqueológicas e contextuais, os autores reinterpretaram o objeto fálico de Vindolanda – o primeiro de madeira a ser oficialmente reconhecido como um acessório em tamanho real para uso como instrumento sexual.

Conforme a equipe, outra perspectiva aponta que o utensílio possa ter sido utilizado como um pilão, tanto para triturar especiarias para fins culinários como também ingredientes para tratamentos medicinais ou cosméticos. Finalmente, uma terceira função plausível seria o encaixe em uma estátua existente para que os transeuntes o tocassem para dar sorte.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1561012
Usuários Online: 63
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!