Brasil

Moraes cobra governo sobre extradição de Allan dos Santos

Publicada em 15/03/22 às 07:27h - 55 visualizações

por Paulo Roberto Netto, Poder360


Compartilhe
Compartilhar a notícia Moraes cobra governo sobre extradição de Allan dos Santos  Compartilhar a notícia Moraes cobra governo sobre extradição de Allan dos Santos  Compartilhar a notícia Moraes cobra governo sobre extradição de Allan dos Santos

Link da Notícia:

Moraes cobra governo sobre extradição de Allan dos Santos
 (Foto: Reprodução/Redes sociais)


O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), mandou o Ministério da Justiça informar em 5 dias sobre o andamento do processo de extradição do jornalista bolsonarista Allan dos Santos, que vive nos Estados Unidos.

O despacho foi proferido no inquérito que apura a atuação de milícias digitais antidemocráticas. Em outubro do ano passado, Moraes determinou a extradição e a prisão preventiva de Allan dos Santos.

“Oficie-se ao Secretário Nacional de Justiça para que, no prazo de 5 (cinco) dias, informe acerca do andamento do pedido de extradição de Allan Lopes dos Santos, investigado nestes autos, incluídas informações acerca das medidas adotadas no âmbito do Ministério da Justiça para sua efetivação junto ao Governo dos Estados Unidos”, disse o ministro.

Allan dos Santos mora nos Estados Unidos desde de 2020, quando passou a ser investigado no STF por atos com pautas antidemocráticas. No ano passado, Moraes determinou a prisão preventiva do bolsonarista. Na ocasião, a Procuradoria Geral da República foi contrária à medida.

Moraes afirmou na época que a PF compilou elementos que indicam a “habitualidade” de Allan dos Santos em praticar atos que podem ser caracterizados como ameaça, crimes contra a honra e incitação à prática de crimes, bem como integrar organização criminosa. Eis a íntegra da decisão de Moraes (243 KB).

A prisão preventiva de Allan Lopes dos Santos é a única medida apta a garantir a ordem pública, eis que o investigado continua a incorrer nas mesmas condutas investigadas, ou seja, permanece a divulgar conteúdo criminoso, por meio de redes sociais, com objetivo de atacar integrantes de instituições públicas, desacreditar o processo eleitoral brasileiro, reforçar o discurso de polarização; gerar animosidade dentro da própria sociedade brasileira, promovendo o descrédito dos poderes da república, além de outros crimes, e com a finalidade principal de arrecadar valores”, afirmou.

No último dia 26 de fevereiro, o Telegram suspendeu 4 contas ligadas a Allan dos Santos por decisão de Moraes, uma das primeiras ordens judiciais cumpridas pela plataforma.

Dois dias depois, o jornalista divulgou vídeo em um novo perfil criado logo após o bloqueio para provocar Moraes. As imagens foram feitas da Disney, em Orlando, na Flórida.

“Alexandre de Moraes, está vendo isso aqui?”, pergunta o blogueiro bolsonarista ao apontar para os portões da Disney. “Não tem mistério, se você botar no Google você consegue me encontrar. Você pode pedir para o Mickey, você pode pedir para a Minnie, você pode pedir para o Pateta, ou você pode pedir para o pato Donald. É bem simples. Você vai lá, pede para eles e vem para cá. Beijos”, completou.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 549583
Usuários Online: 72
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!