Brasil

Brasileiros entram em alerta por conta de um vulcão capaz de gerar tsunami

De acordo com o UOL, o tsunami pode ter maior impacto nas regiões Norte e Nordeste do país

Publicada em 17/09/21 às 04:20h - 213 visualizações

por RedeTV!


Compartilhe
Compartilhar a notícia Brasileiros entram em alerta por conta de um vulcão capaz de gerar tsunami  Compartilhar a notícia Brasileiros entram em alerta por conta de um vulcão capaz de gerar tsunami  Compartilhar a notícia Brasileiros entram em alerta por conta de um vulcão capaz de gerar tsunami

Link da Notícia:

Brasileiros entram em alerta por conta de um vulcão capaz de gerar tsunami
Ponto vermelho mostra a localização do vulcão  (Foto: RedeTV!)

O vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, na Espanha entrou em alerta no nível amarelo. Segundo autoridades espanholas, o vulcão pode provocar um tsunami que atingiria toda a América, com maior impacto sobre os litorais das regiões Norte e Nordeste do Brasil. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (15) pelo portal MetSul Meteorologia. 

De acordo com o portal, o nível amarelo (segundo dos quatro que existem) significa que a população deve ficar em alerta para uma mudança na situação e reportar acontecimentos adversos. 

 “Estima-se que a próxima erupção poderá desestabilizar a encosta da ilha devido a fatores como declividade do vulcão, volume de material mobilizado, fatores climáticos e principalmente, a uma zona de fraqueza existente que facilitará a ocorrência do movimento de massa”, afirma uma pesquisa publicada pela Universidade Federal do Paraná.

“Toda a população costeira deve ser conscientizada, em especial do Norte e Nordeste do Brasil, pois seriam os principais afetados, e assim evitaríamos danos pessoais. Estudos mais recentes dizem que as chances de ocorrência são remotas e longínquas, no entanto, o estabelecimento de sistemas de alarme que possibilitam a evacuação de áreas é justificável quando se trata de vidas humanas”, alertou o geólogo Mauro Gustavo Reese Filho, autor da pesquisa.

Nesta quinta-feira (16) A Comissão Científica do Plano Especial de Protecção Civil e Atenção a Emergências por Risco Vulcânico (PEVOLCA) do governo de Canarias explicou que “o processo continua e pode ter uma evolução rápida em um curto prazo, sendo esperada a ocorrência de terremotos sentidos de maior intensidade na ilha”.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 665278
Usuários Online: 19
Copyright (c) 2022 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!