noticias396 Seja bem vindo ao nosso site Sovaco de Cobra!

Brasil

ADOLESCENTE DENUNCIA ASSÉDIO DE ATIVISTA LGBT+ EM BANHEIRO PÚBLICO

Publicada em 08/06/24 às 16:06h - 793 visualizações

Nova Iguaçu 24 h


Compartilhe
Compartilhar a noticia ADOLESCENTE DENUNCIA ASSÉDIO DE ATIVISTA LGBT+ EM BANHEIRO PÚBLICO  Compartilhar a noticia ADOLESCENTE DENUNCIA ASSÉDIO DE ATIVISTA LGBT+ EM BANHEIRO PÚBLICO  Compartilhar a noticia ADOLESCENTE DENUNCIA ASSÉDIO DE ATIVISTA LGBT+ EM BANHEIRO PÚBLICO

Link da Notícia:

ADOLESCENTE DENUNCIA ASSÉDIO DE ATIVISTA LGBT+ EM BANHEIRO PÚBLICO
 (Foto: Reprodução/Nova Iguaçu 24 h)

Um adolescente de 13 anos relatou ter sofrido assédio de ativista ligado à causa LGBT+ em um shopping de Santos (SP). O caso, que está sendo investigado como estupro de vulnerável, envolveu uma abordagem inapropriada no banheiro público do estabelecimento.

ATIVISTA LGBT+ DESLIGA-SE APÓS ACUSAÇÃO

O Conselho Municipal de Políticas LGBT+ de Santos comunicou que o indivíduo acusado não faz mais parte do grupo. Eles enfatizaram que ações criminosas não devem ser associadas à orientação sexual do acusado ou à comunidade LGBTQIA+.

DETALHES DO OCORRIDO

De acordo com Talita Santos, mãe da vítima, o filho relatou ter entrado na cabine do banheiro e que a porta bateu com força. O próprio adolescente se assustou dizendo: ‘eita’. Dessa forma, aproveita do ocorrido, o ativista, de 24 anos, aproveitou-se para iniciar uma abordagem.

O conselheiro da causa LGBT+ estava na cabine ao lado e, depois de uma primeira interação por conta do barulho da porta, fez uma pergunta de cunho sexual ao adolescente, indagando se ele queria receber sexo oral.

Talita, que aguardava o filho do lado de fora, disse que o adolescente deixou o banheiro correndo na direção dela. O menino, assustado, relatou o assédio. 

REAÇÃO E SUPORTE À VÍTIMA APÓS ASSÉDIO DE ATIVISTA

Posteriormente ao ocorrido, Talita e funcionários do shopping agiram rapidamente para prestar apoio ao adolescente e contatar as autoridades. O suspeito, um homem de 24 anos, foi confrontado e negou as acusações, alegando ter feito apenas uma “piada idiota”.

A mãe gravou o rosto do homem e descobriu em conversa com funcionários de lojas no shopping, que ele já é conhecido por assediar pessoas dentro do banheiro.

Além disso, Talita manifestou revolta porque seu filho, ainda por cima, tem comportamento e voz de criança. “Ele ouviu a voz do meu filho. E meu filho tem voz de criança, não tem nem voz de adulto […] Eu estou aliviada de saber que não foi mentira o que meu filho relatou”, afirmou.

ASSÉDIO DE ATIVISTA ESTÁ SENDO INVESTIGADO

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, o caso está sob investigação. Detalhes adicionais estão sendo mantidos em sigilo para proteger a identidade do menor e a natureza do crime.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 9.9926-5572

Visitas: 1641129
Usuários Online: 15
Copyright (c) 2024 - Sovaco de Cobra - www.sovacodecobra.com.br / A sua voz não pode cessar!