Pular para o conteúdo

Crianças devem estar matriculadas para ter direito ao bolsa família

O Bolsa Família é um dos maiores programas sociais que existe em todo o mundo, já que consegue ajudar milhares de famílias, das mais diferentes regiões do Brasil, as quais, vivem em uma situação de miséria extrema e conseguem, através desse incentivo dado pelo Governo Federal, ter um respiro em sua situação social.

Por conta disso, o Governo Federal deve ter um controle das famílias que recebem esse imposto, fazendo com que elas tenham acesso ao calendário bolsa família 2018 e possam usufruir corretamente desse dinheiro dado.

Descubra como funciona esse benefício
Descubra como funciona esse benefício

Assim, umas das obrigações que as famílias devem cumprir quando se cadastram no Bolsa Família, é manter as crianças matriculadas na escola, para que com isso, elas tenham uma melhor educação e possam mudar de vida, tendo assim, um ganho na qualidade e também na forma como elas se alimentam.

Porque a necessidade de estar matriculada

Quando o Governo Federal, ainda na época do presidente Lula, criou o Bolsa Família, a intenção não era apenas promover uma melhor garantia de qualidade de vida para essas pessoas em situação de extrema pobreza, mas também garantir com que as crianças tenham uma melhor educação.

Por isso, existe uma regra bastante rígida quanto a participação das crianças na educação, já que caso a família não consiga comprovar que as crianças estão estudando, se tem o cancelamento automático desse benefício, fazendo com que a família tenha uma maior dificuldade para se manter, sem contar com essa ajuda do Governo Federal.

Por conta disso, existe uma fiscalização constante dos órgãos do Governo, para que as famílias não façam as crianças trabalharem, algo bastante comum principalmente no Nordeste.

Dessa forma, os pais devem guardar os boletins dos filhos para apresentar no dia que eles pedem a apresentação do calendário bolsa família, para que o Governo Federal possa liberar a verba desse programa e assim auxiliar a milhares de famílias por todo o Brasil.

Crianças que não estudam

Caso o Governo perceba algum caso de famílias inscritas na tabela bolsa família 2018, com crianças que não estudam, há um cancelamento automático desse benefício e também uma punição para a família, fazendo com que ela fique 1 mês sem receber esse beneficie e não somente o cancelamento.

Além disso, para quem não possui os filhos na escola, ainda se tem uma questão de ficar marcado dentro do cadastro do Governo, assim, para quem está nessa lista, o Governo Federal vai ficar de olho e caso a criança não volte a estudar, a família pode ficar até seis meses sem receber o benefício, por isso, acaba sendo prejudicada e pode inclusive ter complicações para recadastrar nesse programa social.

Por isso a importância de manter sempre os filhos estudando, fazendo com que esse cancelamento nunca ocorra e dessa forma, as famílias continuem recebendo os seus benefícios, sem ter que arcar com esse cancelamento e também com possíveis punições para esse ato ilegal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *